Participação de mulheres no júri de Cannes Lions chega a 43%

Busca por diversidade também inclui jurados de novos países, como Vietnã e República Dominicana

Fernando Scheller, O Estado de S.Paulo

08 Maio 2017 | 05h00

O júri do Cannes Lions – Festival Internacional de Criatividade chegou a uma participação feminina de 43% na edição de 2017. Trata-se de um recorde para o festival, que vem se dedicando à representatividade de gênero há pelo menos cinco anos. Neste ano, 390 pessoas, de 50 países, escolherão as melhores peças publicitárias de todo o mundo em 24 categorias. O Estadão é o representante oficial do evento no Brasil.

Desde 2012, a participação de mulheres no júri do festival mais do que dobrou – em 2012, havia apenas 2 mulheres a cada 10 jurados em Cannes Lions. A questão da representatividade feminina na publicidade ganhou força nos últimos anos, graças à atuação de diversas entidades de gênero, como She Says e The 3% Movement – a última faz referência ao total de mulheres em cargos de direção em agências americanas no início desta década.

Além da questão do gênero, Cannes Lions está ficando mais inclusivo também do ponto de vista geográfico. Neste ano, mais duas nações em desenvolvimento – Vietnã e República Dominicana – estão representadas no júri do festival pela primeira vez.

“A composição do júri deste ano marca mais um passo na direção da missão do festival de melhorar a diversidade entre seus jurados. É um objetivo que continuaremos a perseguir para 2018 e além”, afirmou, em comunicado, o diretor-geral de Cannes Lions, José Papa Neto. O brasileiro assumiu o comando do festival no fim do ano passado, em substituição a Philip Thomas.

Brasil. A participação brasileira no júri de Cannes Lions incluirá 20 pessoas. Em um ano em que o festival optou por iniciar um processo de julgamento das peças à distância, todos os representantes brasileiros conseguiram lugar nas vagas presenciais do júri. O Brasil terá um presidente de júri em Cannes este ano: será Mario D’Andrea, da Dentsu Brasil, que comandará Radio Lions.

Depois de lançar três novos festivais paralelos – Lions Entertainment, Health e Innovation –, Cannes Lions este ano não lançará nenhum novo evento. O total de categorias de premiação também não muda e continuará em 24.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.