Pedidos de falências de empresas caíram 29% em janeiro, aponta SCPC

Pedidos de falências de empresas caíram 29% em janeiro, aponta SCPC

Em 12 meses até janeiro, houve queda de 19% nos pedidos de falência. Os pedidos de recuperação judicial e recuperações judiciais deferidas também recuaram, 20,2% e 17,8%, respectivamente

Thais Barcellos, Broadcast

02 Fevereiro 2018 | 09h46

Os pedidos de falência das empresas caíram 29,2% em janeiro na comparação com dezembro de 2017, segundo os dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Já as falências decretadas subiram 54,2%, os pedidos de recuperação judicial tiveram elevação de 31,8% e as solicitações de recuperação judicial deferidas cresceram 32,3%.

Em 12 meses até janeiro, houve queda de 19% nos pedidos de falência. Os pedidos de recuperação judicial e recuperações judiciais deferidas também recuaram, 20,2% e 17,8%, respectivamente. Por outro lado, as falências decretadas subiram 54,2%.

Conforme análise da Boa Vista SCPC, a comparação em 12 meses mostra que as empresas apresentam sinais mais sólidos dos indicadores de solvência, passado o período de intensa retração da atividade econômica, redução do consumo, restrição e encarecimento do crédito.

"Fato que deve continuar, uma vez que o cenário econômico tem mostrado recuperação em diversos setores produtivos", afirma em nota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.