1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Pesquisas eleitorais frustram expectativas e Bovespa fecha em queda puxada por estatais

REUTERS

04 Setembro 2014 | 17h 15

A Bovespa sucumbiu à realização de lucros nesta quinta-feira e fechou no vermelho, após pesquisas sobre a corrida presidencial contrariarem expectativas no mercado de que a candidata do PSB, Marina Silva, abriria vantagem sobre presidente Dilma Rousseff (PT) já no primeiro turno das eleições.

O foco político limitou inclusive o efeito de notícias externas, como o corte de juros pelo Banco Central Europeu (BCE).

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa encerrou em baixa de 1,74 por cento, a 60.759 pontos, com as ações de estatais liderando as perdas do índice.

Banco do Brasil terminou em baixa de 5,34 por cento, maior declínio desde maio. As ações da Petrobras encerraram com a maior perda desde 13 de agosto, com as preferenciais em queda de 4,47 por cento e as ordinárias em baixa de 4,52 por cento, conforme dados preliminares.

O volume financeiro da sessão somou 8,3 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)