Fabio Motta/Estadão - 11/4/2014
Fabio Motta/Estadão - 11/4/2014

Petrobrás prorroga prazo de desligamento de unidades de fertilizantes

Estatal anunciou no último dia 20 que iria desligar as duas fábricas produtoras de fertilizantes, as Fafens, que anotaram em 2017 prejuízo acumulado de R$ 800 milhões

Luana Pavani, O Estado de S.Paulo

28 Março 2018 | 08h53

A Petrobrás decidiu prorrogar o prazo para hibernação das fábricas de fertilizantes em Sergipe e na Bahia por mais 120 dias, justificando que é para aprofundar estudos sobre o assunto.

+ Petrobras estuda alteração das regras de distribuição de dividendos

A proposta é que sejam criadas comissões estaduais com representantes dos governos dos dois estados, das federações das indústrias e da Petrobrás para avaliar alternativas para as fábricas.

+ MPF impede que Petrobrás desmonte fábrica de fertilizantes em Minas Gerais

Segundo nota publicada pela Agência Petrobrás, o presidente Pedro Parente tratou ontem do tema em reunião na Câmara dos Deputados em Brasília, com a presença do governador Jackson Barreto, de Sergipe, e do vice-governador da Bahia João Leão.

+ Petrobrás tem 4º resultado negativo e fecha 2017 com prejuízo de R$ 446 milhões

A empresa anunciou no último dia 20 que iria desligar as duas fábricas produtoras de fertilizantes, as Fafens, que anotaram em 2017 prejuízo acumulado de R$ 800 milhões.

 

Mais conteúdo sobre:
Petrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.