Assine o Estadão
assine

Economia

Universidade de Columbia

Políticos não podem prometer uma coisa e fazer outra, diz pesquisadora

Professora da Universidade de Columbia defende que, na era dos hiperconectados, a honestidade é a melhor forma de prevenir escândalos

0

O Estado de S.Paulo

31 Março 2016 | 05h00

Ser honesto é a melhor forma de prevenir escândalos, defende a professora da Universidade de Columbia Alexis Wichowski. Pesquisadora, ela lidera um grupo que estuda a influência da mídia sobre os indivíduos e a sociedade e afirma que, em uma era em que as pessoas estão conectadas todo o tempo umas às outras, a hipocrisia fica mais evidente. 

Para os governos, ela aconselha que não se pode prometer algo e fazer outra coisa completamente diferente, pois há muita informação circulando e detectar essas contradições é muito mais fácil.

Ela afirma que o acesso é uma questão chave nessas discussões, pois as pessoas passaram a escolher que tipo de informação querem ter. A pesquisadora, porém, acredita que deve haver um equilíbrio e que as pessoas precisam buscar não apenas os conteúdos que lhes agradam dentre todos os disponíveis.

A entrevista foi gravada durante o Lemann Dialogue, uma conferência que reúne alunos bolsistas da Fundação Lemann das Universidades de Columbia, Harvard, Illinois e Stanford. O tema desta quinta edição foi "Inovando o setor público brasileiro".

O conteúdo integra a plataforma UM BRASIL, idealizada pela FecomercioSP, que nesta série conta com a parceria do Columbia Global Center no Rio de Janeiro e do Lemann Center for Brazilian Studies da Universidade Columbia.

As gravações aconteceram em Nova York, entre os dias 16 e 20 de novembro de 2015. Confira a entrevista na íntegra.

Comentários