Temer diz que acertou com Silvio Santos participações no SBT para debater a reforma da Previdência

Temer diz que acertou com Silvio Santos participações no SBT para debater a reforma da Previdência

Presidente escreveu em sua conta no Twitter que ficou 'entusiasmado' com o interesse do apresentador na proposta que altera as regras das aposentadorias

Carla Araújo, Tânia Monteiro e Idiana Tomazelli, O Estado de S.Paulo

08 Janeiro 2018 | 12h50

BRASÍLIA – O presidente Michel Temer usou as redes sociais nesta segunda-feira, 8, para destacar o encontro que teve com o dono do SBT, Silvio Santos, no domingo, 7, em São Paulo. Além de duas fotos com o apresentador, Temer escreveu uma mensagem que diz que "o esforço pela reforma da Previdência começa a dar resultado". 

"Convidado por Silvio Santos para um almoço em sua casa, ontem (domingo), fiquei entusiasmado com o interesse do apresentador no tema e acertamos que vamos debater o assunto em programas do SBT", disse.

++Para analistas do mercado, mudança na regra de ouro não pode atrasar reformas estruturais

Temer foi acompanhado do ministro Moreira Franco (Secretaria-Geral), que já havia divulgado uma foto similar do encontro mais cedo, e do marqueteiro Elsinho Mouco. O encontro, que durou mais de três horas, não foi divulgado pela assessoria de imprensa do Planalto.

"O presidente Michel Temer e o Brasil ganharam mais um aliado de peso para a reforma da Previdência: Silvio Santos", escreveu Moreira Franco em sua conta no Twitter ao publicar a foto.

Na imagem, Temer, Silvio Santos e Moreira aparecem sorridentes. O presidente busca no apresentador, um dos principais e mais conhecidos comunicadores do País, apoio para a aprovação da reforma da Previdência.

+ Maia diz que Meirelles deveria apresentar agenda pós-reforma da Previdência

Segundo auxiliares do presidente, Temer deve ir para São Paulo gravar suas participações para o SBT no próximo dia 18. A ideia é participar, inclusive, de um programa de auditório e também do programa do Ratinho.

Na conversa, eles combinaram de avaliar a melhor época para a transmissão do programa. A ideia é que seja final de janeiro ou começo de fevereiro para tentar aproveitar os debates em torno da reforma da previdência, que está previamente marcada dia 19 de fevereiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.