Divulgação|Dentsu
Divulgação|Dentsu

Prêmio 'Desafio Estadão Cannes' divulga vencedores da quarta edição

Campanhas das agências JWT, Tribal Worldwide, Dentsu e Gad foram escolhidas pelo júri deste ano

Fernando Scheller, O Estado de S. Paulo

08 Maio 2018 | 16h25

O prêmio "Desafio Estadão Cannes" divulgou nesta terça-feira (8) os vencedores de sua quarta edição. Trata-se do maior prêmio em valores da publicidade brasileira, que enviará 12 profissionais brasileiros ao Cannes Lions - Festival Internacional de Criatividade, evento que tem o Estadão como representante oficial no Brasil.

Segundo Flávio Pestana, diretor executivo comercial do Grupo Estado, que anunciou os vencedores, o prêmio vem se firmando como uma das referências em criatividade do País. Ele destacou que, em 2018, as peças inscritas cresceram tanto em qualidade quanto em quantidade.

O "Desafio Estadão Cannes" tem cinco categorias: Branded Content (conteúdos de marca), Impresso, Multiplataforma (campanhas que usam duas ou mais plataformas do Grupo Estado), Brief Desafio (em que agências fazem uma campanha a partir de um briefing do Estadão) e Mídia do Ano.

Nas três primeiras categorias são premiados os profissionais de criação e mídia das agências e também o responsável pela aprovação da campanha no cliente. No Brief Desafio, a dupla de criação é contemplada. Já o Mídia do Ano é eleito a partir de uma tríplice proposta pelo Estadão a partir de consultas a profissionais deste setor.

A entrega dos troféus aos vencedores de 2018 acontecerá no próximo dia 22, em São Paulo. Todos os 12 premiados vão receber passagem, estadia e o direito de participar do festival Cannes Lions. As agências premiadas neste ano foram JWT, Tribal Worlwide, Dentsu, Leo Burnett e Gad.

Conheça os vencedores:

Branded Content: 

A campanha escolhida pelos 13 membros do júri foi feita para a montadora Ford, pela JWT. A campanha utilizou diferentes seções do Estadão para promover o modelo Eco Sport 2018, escolhido o melhor SUV compacto do mercado brasileiro pelo Jornal do Carro. O veículo foi tema de conteúdos desenvolvidos para Caderno 2, Viagem e Casa.

Impresso:

Em 30 de março do ano passado, a agência gaúcha Gad ajudou a comunicar a união das operações da bolsa BM&FBovespa com a Cetip, dando origem à nova denominação B3. Naquela data, foram distribuídos os jornais O Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo conjuntamente - o assinante de um jornal recebeu também o outro. A campanha atingiu mais de 500 mil residências.

Multiplataforma: 

A campanha da Canon, da Dentsu, conquistou os jurados por seu aspecto emocional. Divulgado no fim do ano passado, o filme mostrou uma visita do Papai Noel a crianças em tratamento de câncer do Hospital Itaci, em São Paulo. A campanha, que chegou a 30 milhões de pessoas em todo o País, mostrou Papai Noel raspando a cabeça para ficar igual às crianças que visitava.

Brief Desafio:

Neste ano, o tema proposto pelo Estadão foi o combate às notícias falsas, as fake news. A vencedora foi a agência Tribal Worldwide, que mostrou que notícias falsas podem gerar manchetes verdadeiras, na maior parte das vezes negativas. Um dos exemplos usados pela Tribal foi o boato de que macacos transmitiam febre amarela, que levou algumas pessoas a agredirem os animais.

Mídia do Ano:

A vencedora foi Andréa Hirata, vice-presidente de mídia da Leo Burnett Tailor Made.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.