1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Presidente do JPMorgan diz ter câncer de garganta curável

REUTERS

01 Julho 2014 | 20h 23

O presidente-executivo do JPMorgan Chase, Jamie Dimon, afirmou em comunicado a funcionários e acionistas do banco que foi diagnosticado com um câncer de garganta curável.

Dimon disse que o câncer foi descoberto rapidamente e que está contido. Ele disse ainda que vai se submeter a quimioterapia e tratamento com radiação que deve durar cerca de oito semanas. O executivo notificou o conselho do banco sobre sua condição.

O tratamento vai limitar viagens do executivo, acrescentou Dimon, afirmando que continuará ativamente envolvido nos negócios do JPMorgan e que continuará dirigindo o grupo normalmente.

Dimon tornou-se presidente do conselho do JPMorgan em 31 de dezembro de 2006 e atua também como presidente-executivo desde o final de 2005.