1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Produção de automóveis cai 18% em maio, calcula Anfavea

Beatriz Bulla - Agência Estado

05 Junho 2014 | 10h 50

Forte queda foi registrada em relação a maio de 2013; no ano, setor tem retração de 13,3%

SÃO PAULO - A exemplo da produção industrial que veio fraca, a produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no mercado brasileiro somou 282.465 unidades em maio, um recuo de 18% ante maio de 2013, divulgou a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Em relação a abril, houve alta de 1,9%. Com o resultado, a produção acumula retração de 13,3% nos cinco primeiros meses do ano, sobre igual período de 2013, para 1.351.225 unidades.

Considerando apenas automóveis e comerciais leves, a produção em maio chegou a 265.272 unidades, alta de 1,5% na comparação com abril e recuo de 18,2% ante maio de 2013. No mês passado, foram produzidos 202.643 automóveis e 62.629 comerciais leves.

A produção de caminhões atingiu 12.695 unidades em maio, alta de 3,1% na comparação com abril e recuo de 22,4% ante maio de 2013. No caso dos ônibus, foram produzidas 4.498 unidades em maio, alta de 32,5% na comparação com abril e alta de 15,6% ante maio do ano passado.

Sebastião Moreira/Estadão
Em maio, foram produzidas 282.465 veículos

As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus atingiram 293.362 unidades em maio, com estabilidade na comparação com abril e queda de 7,2% ante maio de 2013.

No acumulado de janeiro a maio deste ano, os emplacamentos chegaram a 1.399.356 unidades, baixa de 5,5% sobre igual período do ano passado. 

Exportação. As exportações em valores do setor automotivo brasileiro somaram US$ 1,109 bilhão em maio, queda de 2,6% na comparação com abril e recuo de 23,9% ante maio de 2013. As exportações acumuladas de janeiro a maio movimentaram US$ 5,137 bilhões, queda de 19,7% ante igual período de 2013. Os valores consideram as exportações de autoveículos e máquinas agrícolas. 

O mês de maio encerrou com total de 35.162 automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus exportados, queda de 0,6% na comparação com abril e retração de 27,7% ante maio de 2013. No acumulado de janeiro a maio deste ano foram exportadas 145.722 unidades de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, recuo de 31,6% sobre igual período de 2013. 

Emprego. O setor automotivo encerrou o mês de maio com 152.293 empregados, queda de 1,2% na comparação com abril e recuo de 2,8% ante maio de 2013. O segmento de autoveículos registrou retração de 1,4% em maio na comparação com abril no total de empregados, somando 131.221 pessoas. Na comparação com maio do ano passado, a queda foi de 3,5%. 

O segmento de máquinas agrícolas teve recuo de 0,2% no número de empregados na comparação com abril, e alta de 1,9% na comparação com maio de 2013, para 21.072 funcionários. 

Máquinas agrícolas. As vendas internas de máquinas agrícolas no atacado atingiram 6.153 unidades em maio, alta de 1,4% na comparação com abril e recuo de 17,7% ante maio de 2013. As vendas acumulam retração de 19,7% de janeiro a maio deste ano sobre igual período de 2013, para 27.119 unidades.

Já a produção de máquinas agrícolas chegou a 7.623 unidades em maio, alta de 8% na comparação com abril e recuo de 10,5% ante maio de 2013. A produção de máquinas agrícolas acumula queda de 13,7% de janeiro a maio deste ano sobre igual período de 2013, para 34.553 unidades.

As exportações de máquinas agrícolas em valores totalizaram US$ 282,687 milhões em maio, queda de 5,2% na comparação com abril e recuo de 5,7% ante maio de 2013. As exportações de máquinas agrícolas em valores caíram 6,6% no acumulado de janeiro a maio deste ano sobre igual período do ano passado, para US$ 1,308 bilhão.

O total de máquinas agrícolas exportadas chegou a 1.445 unidades em maio, alta de 23,8% na comparação com abril e avanço de 12,7% ante maio de 2013. As exportações de máquinas agrícolas caíram 7,3% no acumulado de janeiro a maio deste ano sobre igual período do ano passado, para 5.372 unidades.