1. Usuário
E&N
Assine o Estadão
assine

Queda em papéis do setor de saúde pesa sobre mercado

SUDI - REUTERS

02 Setembro 2014 | 14h 22

Uma queda nas principais ações do setor de cuidados com saúde pressionou os mercados europeus nesta terça-feira, após a farmacêutica AstraZeneca tentar minimizar especulações sobre uma nova oferta da Pfizer.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações do continente, teve variação negativa de 0,07 por cento, a 1.375 pontos.

Uma queda de 0,8 por cento do papel da AstraZeneca pesou sobre o índice. A baixa também contribuiu para um recuo nas ações de rivais como a Roche e Novartis, enquanto o índice do setor de saúde do Stoxx Europe 600 recuou 0,2 por cento.

O papel da AstraZeneca caiu depois que o presidente-executivo da companhia disse à Reuters em entrevista que tudo está "de volta ao normal", apesar da especulação de que a Pfizer fará uma nova oferta pela companhia britânica.

Investidores também estavam cautelosos aguardando quaisquer pistas do Banco Central Europeu (BCE) sobre política monetária na quinta-feira.

Poucos aguardam alguma grande medida, mas a maioria espera que a política monetária do BCE eventualmente se afrouxe, já que a persistente desinflação e o conflito na Ucrânia pesam sobre a economia da zona do euro.

Alguns operadores acreditam que os mercados acionários já avançaram antecipando novas medidas do BCE e, portanto, têm pouco espaço para subir ainda mais.

"Não seguiríamos o movimento das ações nestes níveis", disse o chefe da HED Capita, Richard Edwards.