Refinaria de Manguinhos pode voltar a operar em janeiro

A Refinaria de Manguinhos pode voltar a operar em janeiro. Segundo a diretora do Sindicato dos Petroleiros do Rio de Janeiro, Márcia Felipe, o Conselho de Administração da Refinaria estuda esta possibilidade, diante da queda no preço internacional do petróleo. A refinaria não confirma a informação. A diretora disse hoje ter se encontrado pessoalmente com o diretor-superintendente da unidade, Arthur Cassiano Filho, para discutir a situação dos funcionários. Segundo ela, Cassiano Filho disse que não há possibilidade de recontratação dos demitidos. Desde que a refinaria suspendeu suas atividades, em meados de agosto - depois de ter ficado parada por cerca de três meses no primeiro semestre - 400 trabalhadores já foram demitidos e hoje restam apenas 100. A idéia, explicou a diretora do sindicato, é que o conselho de administração escolha esta semana um novo diretor superintendente para substituir Arthur Cassiano Filho, que deixará o cargo na próxima quinta-feira. Em seguida, a refinaria passaria por um período de manutenção, para que então retomasse o processo.

Agencia Estado,

28 Novembro 2005 | 14h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.