1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Robô substitui pilotos de teste em campos de prova da Ford

Economia & Negócios

26 Junho 2013 | 09h 20

Equipamento simula desgaste de peças com direção em pistas de traçados tortuosos e relevo acidentado

SÃO PAULO - A Ford desenvolveu um sistema de robôs para substituir os pilotos em testes de durabilidade de veículos. Com os robôs, os testes podem ser feitos repetidamente o tempo todo, enquanto com motoristas humanos os horários eram limitados pelo desgaste físico e horários de trabalho.

Durante os testes, os veículos precisam passar repetidamente por pistas com vários tipos de traçado e obstáculos. Os testes reproduzem em poucos dias o desgaste de 10 anos de uso severo diário dos veículos, passando por pistas de concreto quebrado, guias, grades de metal, cascalho, poças de lama e grandes lombadas.

 

O trabalho árduo para os pilotos agora pode ser feito pelos robôs. Eles já estão sendo usados no Campo de Provas da Ford em Romeo, nos Estados Unidos, para o desenvolvimento de veículos comerciais.

Os robôs foram os responsáveis pelos testes de durabilidade da futura Transit, que será lançada nos Estados Unidos em 2014.

O módulo robótico instalado no veículo permite controlar direção, aceleração e frenagem, enquanto o veículo é monitorado por câmeras e GPS em uma sala central.

Sensores a bordo podem parar totalmente o veículo caso um pedestre ou outro veículo cruze o seu caminho.

 

Os robôs foram desenvolvidos pelos engenheiros da Ford em parceria com a empresa Autonomous Solutions.