1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Safras estima colheita de café 14/15 no Brasil em 48,9 mi sacas

REUTERS

12 Junho 2014 | 10h 55

A safra brasileira de café na temporada 2014/15, que começa a ser colhida após prejuízos com uma seca no início do ano, deve ficar em 48,9 milhões de sacas de 60 kg, disse nesta quinta-feira a consultoria Safras & Mercado, em sua primeira estimativa para o período.

O cálculo da safra 2013/14 foi ajustado para 53,6 milhões de sacas, ante 52,9 milhões de sacas do levantamento anterior.

A nova safra, apesar de ser em um ano de alta no ciclo bianual de produtividade dos cafezais, vai representar uma queda de 8,8 por cento ante a anterior.

Na avaliação da consultoria, depois do pessimismo que tomou conta do mercado com o calor e seca dos primeiros meses do ano, as lavouras neste início de colheita vêm apresentando um resultado acima do esperado inicialmente.

"Isso não quer dizer que não haverá uma quebra. A quebra é uma realidade. Mas, ela poderá ser menor do que o imaginado até maio", disse o analista da Safras Gil Barabach, em nota.

No últimos tempos, o mercado tem apresentado fraqueza na bolsa de Nova York, tendo recuado pouco mais de 20 por cento ante o pico do ano registrado em meados de abril, de 2,19 dólar por libra-peso, diante de avaliações do mercado de que a safra no maior produtor global não será tão ruim quanto o esperado.

O recuo ocorreu após uma disparada nos preços no ano até meados de abril, quando o mercado reagia a perdas na produção brasileira por conta do tempo seco sem precedentes nos meses tradicionalmente chuvosos de janeiro e fevereiro.

Nesta quinta-feira, o primeiro contrato recuava 1,4 por cento, contado a 1,6920 dólar.

No final da semana passada, o Conselho Nacional do Café, que representa produtores, disse que as chuvas recentes em regiões produtoras de café no Brasil não têm potencial para recuperar a colheita deste ano, que deverá ficar dentro do intervalo previsto anteriormente de 40,1 milhões a 43,3 milhões de sacas.

A produção total de café arábica, a variedade em que o Brasil lidera a produção global e as exportações, deve ser de 33,40 milhões de sacas em 2014/15, disse a Safras, com queda de 15,4 por cento ante 2013/14.

A colheita de café robusta em 2014/15 foi projetada em 15,5 milhões de sacas, aumento de 9,9 por cento na comparação com a temporada passada.

(Por Gustavo Bonato)