1. Usuário
E&N
Assine o Estadão
assine

Será criada comissão para MP das Coligadas, diz diretor

ADRIANA FERNANDES - Agencia Estado

12 Março 2014 | 16h 25

O diretor executivo da Brasil Foods (BRF), Marcos Jank, informou na tarde desta quarta-feira, ao deixar reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que será formada uma comissão para negociar ajustes na MP das Coligadas. "Vamos ver se a gente resolve. Vão ter algumas mudanças", disse ele, acrescentando que o tempo é curto para se tentar fazer mudanças na MP.

Apesar de ter classificado como "agradável" a reunião dos 18 empresários com Mantega, o executivo da BRF admitiu que havia mais expectativa em torno do encontro. Ele destacou, no entanto, que esse é um primeiro passo para o diálogo. "Pelo menos estão fazendo o diálogo para ver se a MP acerta, porque ela aumenta realmente a tributação", disse, manifestando preocupação pelo fato das mudanças promovidas pela MP elevarem a tributação sobre as empresas.

Segundo Jank, já deverá ter uma reunião amanhã dessa comissão voltada para ajustes na Medida Provisória. Ele disse que o assunto é "muito complicado" e evitou dar detalhes das negociações feitas com o ministro. A maioria dos empresários está preferindo não dar declarações à imprensa.

Os dezoito empresários que estão na reunião com o ministro da Fazenda são: Paulo Godoy (ABDIB), Flávio Machado (Andrade Gutierrez), João Castro Neves (Ambev), Marcos Jank (BRF), Luiz Roberto Ortiz (Camargo Correa), Nelson Salgado (Embraer), Jorge Gerdau (Gerdau), Rubens Ometto Silveira Mello (Grupo Cosan), Ricardo de Queiroz Galvão (Grupo Queiroz Galvão), Eduardo Ferreira (Helibras), Joesley Mendonça Batista (J&F), José Martins (Marcopolo), Leo Pinheiro (OAS), Marcelo Odebrecht (Odebrecht), João Carlos Brega (Whilrpool América Latina), Murilo Ferreira (Vale), Raul Calfat (Votorantim) e Robson Andrade (CNI).