1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Técnicos da Latam Airlines ameaçam cancelar voos da Copa

Antonio de la Jara - Reuters

04 Junho 2014 | 17h 01

Em apoio à situação dos trabalhadores de manutenção no Peru, funcionários de outros países ameaçam prejudicar cerca de mil voos

SANTIAGO - Trabalhadores da Latam Airlines ameaçam atrasar ou cancelar voos antes da Copa do Mundo, em apoio a uma greve iminente de funcionários da unidade no Peru, prevista para 10 e 11 de junho. Em função da Copa, a Latam preparou cerca de mil voos para o Brasil.

O presidente do sindicato de manutenção da LAN Chile, Dario Castillo, disse à Reuters nesta quarta-feira, 4, que entrou em acordo com seus colegas em outros países onde a companhia aérea opera para distribuir panfletos de alerta aos passageiros sobre atrasos e cancelamentos que ocorrerão quando for iniciada a greve.

"Acabaram de chegar os folhetos de Buenos Aires para começar a distribuir no aeroporto (de Santiago). Isso se repetirá nos outros aeroportos da região em apoio à situação dos trabalhadores de manutenção no Peru" , disse Castillo.

A Latam Airlines tem unidades operacionais na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai e Peru. A empresa surgiu em 2012 da fusão da brasileira TAM com a chilena LAN.

Segundo o dirigente, os técnicos aeronáuticos da LAN Peru pedem melhorias em seu salário após 10 anos sem reajuste.

Não foi possível obter um comentário da empresa imediatamente na sede de Santiago.