REUTERS
REUTERS

Temer comemora inflação abaixo do teto da meta

Presidente afirmou que o governo "tem cumprido com aquilo que projetou", e que espera uma inflação ainda menor no final de 2017

Anne Warth e Rafael Moraes Moura, Broadcast

11 Janeiro 2017 | 11h25

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer comemorou, na manhã desta quarta-feira, 11, o fato de a inflação ter ficado em 6,29% no ano passado, abaixo do teto da meta. Na avaliação dele, isso mostra que a política adotada pelo governo está no caminho certo e tem dado resultados positivos. 

"Hoje temos uma boa notícia sobre a inflação oficial", afirmou, em discurso na abertura de uma reunião sobre infraestrutura. "Ninguém esperava, no fim do ano, que se chegasse abaixo da meta estabelecida."

Temer destacou ainda que as projeções para 2017 são de uma inflação mais baixa que a do ano passado. "A projeção para este ano é de uma redução ainda maior da inflação, para ficar, na verdade, no centro da meta. Penso que isso seja uma boa notícia que eu quero compartilhar com os colegas, amigos e ministros do setor de infraestrutura do governo", disse. "Temos cumprido tudo aquilo que temos projetado."

Temer disse que o governo pretende retomar obras inacabadas, principalmente com pagamento remanescente em valores entre R$ 500 mil e R$ 10 milhões. "Mas vamos tratar de outras obras que ainda possam seguir adiante, além daquelas que já têm sequência natural", disse.

Mais conteúdo sobre:
Michel Temer

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.