Transbrasil troca passagem por dinheiro

Os consumidores que tiverem bilhetes da Transbrasil podem realizar a troca das passagens e receber o dinheiro de volta, de acordo com as normas do Departamento de Aviação Civil (DAC). A própria assessoria de imprensa da companhia aérea deu essas informações. Pela regra, o prazo normal para reembolso varia de 30 a 60 dias. Para tanto, é preciso procurar uma das lojas da empresa ou os balcões de atendimento no Aeroporto de Congonhas. Deve-se preencher um formulário de reembolso, pagar uma taxa de R$ 50 ou 10% do valor da passagem - no caso de bilhete promocional - e aguardar o estorno entre 20 e 30 dias, se a compra foi feita no cartão de crédito, ou o depósito dos valores em conta corrente, se o pagamento foi feito em dinheiro. Como os vôos da empresa foram suspensos desde o dia três de dezembro e ainda não há definição sobre sua situação, há o medo de que a Transbrasil não volte a voar e de que outras companhias aéreas não façam mais a troca dos bilhetes. Ontem, apenas a Varig, a RioSul e a Nordeste confirmaram a renovação do acordo para o reembolso das passagens. Estas empresas prorrogaram o prazo até a meia-noite de amanhã.

Agencia Estado,

12 Dezembro 2001 | 13h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.