Morgue File
Morgue File

Vai viajar? Veja como economizar na compra do dólar

Com a alta da moeda americana, que já é negociada a R$ 4,31 em casas de câmbio, confira 6 dicas para economizar durante viagens

Hugo Passarelli, Ian Chicharo Gastim , O Estado de S. Paulo

22 Setembro 2015 | 20h14

O dólar comercial ultrapassou a barreira psicológica de R$ 4, mas a cotação da moeda utilizada para viagens – o dólar turismo – já havia furado esse patamar.

Na Confidence, por exemplo, o dólar turismo em espécie era negociado nesta terça-feira, 22, a R$ 4,31, já com a inclusão da alíquota de 0,38% do Imposto sobre Transações Financeiras (IOF). No cartão pré-pago, com taxa de 6,38% do IOF, a cotação era de R$ 4,54. Na TOV corretora, o dólar espécie ficou na casa de R$ 4,28.

O gerente de câmbio turismo da TOV Corretora, Antônio Jordão, diz que os clientes têm negociado para conseguir uma taxa de câmbio mais vantajosa. Ele afirma que as grandes oscilações da moeda ao longo dia acabam rendendo ganhos para as corretoras e isso permite dar alguns descontos.

"O cliente está comprando aos poucos, buscando mais equilíbrio financeiro", afirma Jordão. Para ele, a incerteza do cenário político pode continuar a pressionar a cotação da moeda americana nos próximos dias.

O estresse do mercado financeiro movimentou as casas de câmbio nesta terça. Em uma instituição sediada na cidade de São Paulo, o atendimento telefônico pedia um cadastro com nome e telefone para que a empresa retornasse depois.

Os atendentes de vendas de outras duas casas recomendavam fortemente a compra de imediato porque, na avaliação deles, o dólar continuará a subir nos próximos dias.

Entenda. O dólar comercial é utilizado por empresas, bancos e governos para operações no mercado de câmbio, como transferências financeiras, exportações, importações. Neste caso, as transações ocorrem apenas de maneira eletrônica.

Já o dólar turismo é utilizado para viagens, transações de turismo no exterior e débitos em moeda estrangeira no cartão de crédito. Ele é mais caro pois é calculado com base no dólar comercial mais os custos das casas de câmbio com questões logísticas, administrativas e com seguro em caso de roubo, uma vez que as transações com dólar turismo são feitas com moeda em espécie, em "dinheiro vivo".

Dicas para economizar
Veja como economizar em viagens com a alta do dólar:
Mais conteúdo sobre:
dólar câmbio

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.