Volkswagen vai demitir 14 mil na Europa até 2008

A Volkswagen pretende demitir 14 mil trabalhadores na Europa até 2008, a maioria na Alemanha, anunciou nesta terça-feira o jornal Frankfurter Allgemeine Zeitung. A empresa emprega atualmente 123 mil trabalhadores na Europa. O presidente da Volks, Bernd Pischetsrieder, anunciou na segunda-feira reduções somente na Alemanha, mas não especificou o número exato. Pischetsrieder destacou que há um excesso de mão-de-obra. "Não haverá demissões obrigadas", destacou. Segundo a imprensa, o grupo reduzirá o pessoal em 10 mil trabalhadores na Alemanha, onde emprega 102.500 pessoas. O centro de produção de Wolfsburgo, que emprega 50 mil trabalhadores, será o mais afetado. Com os cortes, a Volkswagen espera se adaptar ao mercado mundial. Afetada por uma frota de automóveis envelhecidos, vítima de uma competição feroz nos Estados Unidos e na China, a VW tem reduzido sua participação no mercado e seus lucros vêem caindo há vários anos.

Agencia Estado,

06 Setembro 2005 | 10h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.