DIDA SAMPAIO/ESTADÃO
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Votação de reforma trabalhista nesta semana depende de acordo, diz Jucá

Previsão é o plenário da Casa aprove na tarde de hoje a urgência do projeto, que pode ser pautado para quinta-feira

Thiago Faria e Julia Lindner, O Estado de S.Paulo

04 Julho 2017 | 14h03

BRASÍLIA - O líder do governo do Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou nesta terça-feira, 4, que vai depender de um entendimento entre os líderes partidários a votação da reforma trabalhista ainda nesta semana. A previsão é o plenário da Casa aprove na tarde de hoje a urgência do projeto.

“Não temos essa vontade de votar de qualquer forma. (Vai depender de um) Factível, possível, entendimento com oposição para discutir”, afirmou Jucá. Segundo ele, no entanto, a definição do calendário caberá ao senador Eunício Oliveira (PMDB-RR).

Ontem, Jucá disse que não descartava votar ainda nesta semana. Com a aprovação da urgência, será possível que o projeto seja pautado já na quinta-feira.

A proposta foi aprovada na semana passada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado em meio a protestos da oposição, que agora tenta adiar a votação no plenário.

 

Mais conteúdo sobre:
Reforma Trabalhista Romero Jucá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.