Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Petrobrás passa a integrar ação do setor de óleo e gás para lidar com mudanças climáticas

Estatal brasileira se junta à Oil and Gas Climate Initiative (OGCI), da qual são membros BP, CNPC, Eni, Pemex, Repsol, Saudi Aramco, Shell, Statoil e Total

Fátima Laranjeira, O Estado de S.Paulo

25 Janeiro 2018 | 17h26

A Petrobrás aderiu hoje à Oil and Gas Climate Initiative (OGCI), grupo liderado por presidentes de empresas de petróleo e gás que pretende conduzir uma resposta do setor às mudanças climáticas, reunir conhecimento e colaborar com ações para reduzir a emissão de gases de efeito estufa. Os atuais membros da OGCI são BP, CNPC, Eni, Pemex, Repsol, Saudi Aramco, Shell, Statoil e Total. Em conjunto, as companhias integrantes da OGCI respondem por mais de um quarto da produção mundial de petróleo e gás.

Pedro Parente, presidente da Petrobrás, afirmou que, ao participar da OGCI, a estatal renova seu compromisso com a redução de emissões e com uma matriz energética mais eficiente, além de reforçar sua estratégia de estar plenamente preparada para um futuro baseado em uma economia de baixo carbono.

++Condenação de Lula faz Bolsa atingir 83,6 mil pontos; ações da Petrobrás são destaque

"Estamos entusiasmados em fazer parte desta iniciativa junto com outras empresas já integrantes da OGCI para atender aos ambiciosos objetivos da organização." O compromisso depende ainda de aprovação do Conselho de Administração da Petrobrás.

"As companhias internacionais e nacionais de petróleo se uniram na OGCI num esforço para reduzir as emissões de gases de efeito estufa, um desafio fundamental para a nossa indústria e para o mundo", afirma, em nota, Bob Dudley, presidente do conselho da OGCI e CEO da BP. "A participação da Petrobrás aumentará a massa crítica, impulsionará o trabalho e ampliará nossa cobertura em uma nova e importante geografia - a América do Sul."

++'Não quero ir para a vida política', diz Pedro Parente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.