1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Após abrir em ligeira baixa, dólar mostra volatilidade ante o real

Luciana Antonello Xavier - Agência Estado

24 Junho 2014 | 09h 42

Indicadores domésticos que saem nas próximas horas podem ajudar a manter os investidores mais retraídos nesta terça-feira

O dólar começou o dia com volatilidade ante o real no mercado à vista, operando ora em alta, ora em baixa, em um movimento que é seguido de perto pelos juros futuros. Há pouco, esses ativos domésticos estavam perto dos níveis do fechamento de ontem.

Indicadores domésticos que saem nas próximas horas podem ajudar a manter os investidores mais retraídos nesta terça-feira, uma vez que a expectativa é de menor fluxo de Investimento Estrangeiro Direto (IED) em maio e menor saldo positivo de postos formais criados no mês passado.

Só em relação às transações correntes pode haver leve melhora, segundo o AE Projeções, com um déficit menor em maio do que em abril. Os números do setor externo serão conhecidos às 10h30 e os de emprego do Caged, às 14 horas. Até lá, as praças internacionais ajudam a guiar o humor doméstico.

O dólar se mostra mais enfraquecido ante o euro e várias moedas emergentes. Nas bolsas europeias e os futuros de Nova York predomina o viés negativo, especialmente após dado fraco de confiança das empresas alemãs e antes de vários indicadores esperados nos Estados Unidos. O Ibovespa futuro estava em leve baixa, mas próximo do nível de fechamento de ontem.

Às 9h41, o dólar à vista no balcão subia 0,14%, R$ 2,2210, na máxima do dia até agora. Na abertura, registrou ligeira queda de 0,05%.

O mercado também estará atento aos números semanais da balança comercial que saem à tarde e aos leilões que o BC realiza nesta manhã, o de swap tradicional (9h30 às 9h40) e o de rolagem de swap (11h30 e 11h40).