BC volta a entrar com mais força no câmbio

O Banco Central vai voltar a atuar no mercado de câmbio com intervenções indiretas de compra no mercado futuro de dólar (operação conhecida como swap cambial reverso, em que o BC oferta remuneração pela Selic e recebe variação cambial dos valores negociados). Com a medida, o governo passa a atuar com mais força para elevar a cotação, além das intervenções diárias de compra da divisa no mercado à vista. O BC ficou praticamente um mês em realizar esse tipo de operação. O retorno foi decidido depois de uma pesquisa realizada no mercado para avaliar o interesse do mercado. Na operação de amanhã serão negociados até 12.850 contratos com cinco vencimentos diferentes e total financeiro de cerca de US$ 600 milhões. Hoje a moeda fechou em queda de 2 centavos ou de 0,89%, a R$ 2,117. Em abril, a divisa perde 2,22% e no acumulado de 2006, 8,85%.

Agencia Estado,

18 Abril 2006 | 20h00

Mais conteúdo sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.