1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Bolsa de Tóquio fecha na máxima em 5 meses

Agência Estado

04 Julho 2014 | 05h 01

A Bolsa de Tóquio terminou a sessão desta sexta-feira em alta e na máxima dos últimos cinco meses, impulsionada pelos surpreendentes resultados do mercado de trabalho dos Estados Unidos, que bateram as previsões dos economistas e estão nos melhores níveis dos últimos anos.

O índice Nikkei teve ganhos de 0,6%, aos 15.437,13 pontos, melhor nível intraday desde o dia 23 de janeiro. Foi o quarto avanço consecutivo do índice, que teve uma alta semanal de 2,3%. No acumulado anual, entretanto, mantém uma queda de 5,2%.

O relatório de emprego norte-americano mostrou a criação de 288 mil vagas em junho, superando as 215 mil esperadas pelo mercado. Foi o quinto mês consecutivo de contratações acima de 200 mil, a maior sequência neste nível desde o final dos anos 90. A última vez que esta sequência ocorreu foi entre setembro de 1999 e janeiro de 2000, segundo um levantamento do The Wall Street Journal. A taxa de desemprego caiu de 6,3% em maio para 6,1% no mês passado, ante expectativa de estabilidade. Aqui, também, é o menor nível desde setembro de 2008.

Com o resultado, o dólar rompeu a barreira de 102 ienes nesta sexta-feira, atingindo a máxima intraday de 102,24 ienes. Ao longo da sessão, no entanto, recuou um pouco, mas ainda opera acima dos 102 ienes. Com a moeda norte-americana mais forte, os exportadores japoneses levam vantagem na margem de lucro.

Historicamente, o mercado acionário asiático é sensível aos movimentos cambiais, mas tem mostrado certa dissociação do iene nas últimas semanas, graças à uma forte demanda pelos investidores de longo prazo, que estão apostando nos fundos de pensão do governo.

"Os dados de emprego foram bons, mas a reação dos Treasuries não sinaliza muita preocupação com a inflação dos EUA, que tem sido a grande decepção para aqueles que esperam um rali do dólar", disse Norihiro Fujito, estrategista de investimento do Morgan Stanley.

No mercado corporativo, os exportadores se beneficiaram do iene mais fraco. As ações da Tokio Electron, Olympus e Honda Motors fecharam em alta, com ganhos de 2,3%, 2,2% e 1,0%, respectivamente.

No mercado varejista, destaque para os papéis da Seven & Holdings, que subiram 2,0% hoje depois de os resultados entre março-maio mostrarem um crescimento do lucro operacional de 5%, para 77,4 bilhões de ienes, superior a estimativa de 3,5 bilhões de ienes. Fonte: Dow Jones Newswires.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo