1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Dólar cai ante o iene após projeções de juros do Fed

Agência Estado

18 Junho 2014 | 19h 00

O dólar caiu ante o iene nesta quarta-feira, 18, depois que o Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) decepcionou investidores que esperavam uma mudança para uma política monetária mais apertada e uma aceleração do cronograma para o aumento das taxas de juros.

Em sua entrevista coletiva após a reunião do FOMC, a presidente do Fed, Janet Yellen, disse que não há nenhuma fórmula para quando o banco central irá começar a elevar as taxas de juro de curto prazo. "Depende de como a economia evolui", disse Yellen.

Nesta quarta-feira, o Fed cortou em US$ 10 bilhões as suas compras mensais de títulos hipotecários e do Tesouro norte-americano, para US$ 35 bilhões, em linha com o esperado. Além disso, o banco central projetou que a taxa dos Fed funds, atualmente próxima de zero, chegará a 1,2% até o final do próximo ano e a 2,5% até o final de 2016, o que aponta para um aperto ligeiramente mais rápido durante os próximos dois anos do que o esperado anteriormente. Mas o Fed não mexeu no período previsto para o primeiro aumento da taxa de juros, algo que alguns investidores esperavam. Taxas de juros mais altas tornariam o dólar mais atraente para os investidores, pois aumentariam o retorno sobre os ativos denominados na moeda norte-americana. Nos minutos após a decisão, o dólar oscilou entre ganhos e perdas ante o iene.

"É importante ressaltar que as previsões de longo prazo do Fed para crescimento, emprego e inflação não sinalizam qualquer melhora significativa ou aumento em alguma das principais métricas que as autoridades monitoram ao debater política monetária", disse Omer Esiner, analista-chefe de mercado do Commonwealth Foreign Exchange, em nota. "Dada o recente avanço dos números de emprego e a surpresa com a alta da inflação em maio, alguns investidores estavam esperando um reconhecimento dessa melhora nas previsões do Fed."

No fim da tarde em Nova York, o dólar caía a 101,96 ienes, de 102,17 ienes ontem, enquanto o euro subia para US$ 1,3592, de US$ 1,3543. O dólar australiano estava cotado a US$ 0,9406, de US$ 0,9336 ontem. Entre outras moedas, o euro valia 138,56 ienes, de 138,33 ienes. O dólar estava cotado em 0,8966 franco suíço, de 0,8994 franco suíço na sessão anterior; o euro valia 1,2180 franco suíço, de 1,2184 franco suíço; e a libra estava cotada a US$ 1,6994, de US$ 1,6958. Fonte: Dow Jones Newswires.