1. Usuário
Assine o Estadão
assine

NY recua após divulgação de indicadores econômicos

RENATO MARTINS, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES - Agencia Estado

03 Abril 2014 | 14h 36

O mercado norte-americano de ações opera em baixa, depois de o índice S&P-500 ter fechado na quarta-feira, 2, em nível recorde pelo segundo dia consecutivo. As Bolsas abriram em alta e o índice Dow Jones chegou a subir a 16.604,15 pontos, acima de seu nível recorde de fechamento de 16.576,66 pontos, registrado em 31 de dezembro.

Os indicadores divulgados na manhã desta quinta-feira, 3, saíram relativamente fracos - à exceção dos índices de atividade, que mostraram recuperação depois da debilidade de fevereiro, atribuída ao rigor do inverno.

O número de pedidos de auxílio-desemprego teve um crescimento de 16 mil na semana passada, para 326 mil, enquanto os economistas previam 320 mil. O déficit comercial dos EUA subiu para US$ 42,30 bilhões em fevereiro de US$ 39,28 bilhões em janeiro; os economistas previam um saldo negativo de US$ 38,6 bilhões em fevereiro. Também foram divulgados sois índices de atividade de gerentes de compras (PMI) referentes ao setor de serviços em março: o do Instituto para Gestão de Oferta (ISM) subiu para 53,1 em março, de 51,6 em fevereiro, mas ficou abaixo da previsão de 53,5; o da Markit subiu a 55,3 em março, de 53,3 em fevereiro.

O foco dos investidores é o informe sobre o nível de emprego em março, que sai nesta sexta-feira; A expectativa para o número de postos de trabalho criados é de 200 mil; a previsão para a taxa de desemprego é de 6,6%, de 6,7% em fevereiro.

"Um número ruim será descontado. Algumas pessoas vão atribuir isso ao mau tempo", disse o analista Brian Lazorishak, da Chase Investment Counsel.

As ações do setor de biotecnologia voltaram a pressionar o índice Nasdaq; há pouco, as ações da Vertex Pharmaceuticals caíam 4,2% e as da Alexion Pharmaceuticals recuavam 3,2%. Entre os destaques da sessão estão as ações da rede de livrarias Barnes & Noble, em queda de 14,2% depois de a Liberty Media anunciar que vai reduzir sua participação na empresa, abrindo mão de dois postos em sua diretoria.

As ações classe C da Google subiam 0,6% minutos atrás e as ações classe A da empresa avançavam 0,5%; A Google emitiu 330 milhões de ações classe C, sem direito a voto, como parte de uma medida para consolidar o controle da empresa por seus fundadores, Sergey Brin e Larry Page. As ações classe A dão direito a um voto; as ações classe B, que não são negociadas e estão em sua maior parte nas mãos dos fundadores, têm 10 votos. Entre as componentes do Dow, o destaque é Intel (+1,6%).

Às 14h20 (de Brasília), o índice Dow Jones recuava 11 pontos (0,07%), para 16.561 pontos; o Nasdaq caía 37 pontos (0,88%), para 4.238 pontos; o S&P-500 caía 3 pontos (0,21%), para 1.886 pontos.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo