1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Premiê e BC de Portugal tranquilizam clientes do BES

SERGIO CALDAS - Agência Estado

11 Julho 2014 | 10h 09

O primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, disse hoje que os correntistas do Banco Espírito Santo (BES) podem confiar na instituição e afirmou não ter dúvidas quanto à tranquilidade do sistema financeiro português, segundo o site do Jornal Expresso.

Passos Coelho também destacou a separação entre os negócios do BES e da família Espírito Santo. "Uma coisa são os negócios que a família Espírito Santo tem e outra coisa é o banco. É muito importante que os agentes portugueses e os investidores externos consigam não apenas perceber bem esta diferença, mas estar tranquilos relativamente à situação do banco", disse o premiê ao jornal português.

Em comunicado, o Banco de Portugal também tranquilizou os clientes do BES, que mais cedo informou contar com capital suficiente para cobrir eventuais perdas decorrentes de sua exposição ao Grupo Espírito Santo. "Não existem motivos que comprometam a segurança dos fundos confiados ao BES, pelo que os seus depositantes podem estar tranquilos", afirmou o banco central português.

Após os esclarecimentos do BES, o regulador de mercados de capitais de Portugal, a CMVM, autorizou a retomada dos negócios com ações do banco, que estavam suspensos desde ontem. Por volta das 9h35 (de Brasília), os papéis do BES subiam 5,31% na Bolsa de Lisboa.