1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Queda do petróleo causou 62% da perda patrimonial de empresas do setor

- Atualizado: 19 Fevereiro 2016 | 12h 11

Desde junho de 2014, o colapso dos preços e as taxas de juros mais baixas foram os maiores responsáveis pela desvalorização

Queda do petróleo causou 62% dos US$ 4,6 trilhões de perda patrimonial de empresas do setor, desde junho de 2014

Queda do petróleo causou 62% dos US$ 4,6 trilhões de perda patrimonial de empresas do setor, desde junho de 2014

Nova York - Combinado com taxas de juros mais baixas, o colapso dos preços do petróleo causou cerca de 62% dos US$ 4,6 trilhões de perdas no valor patrimonial global de empresas no setor desde junho de 2014, disse o Bank of America Merrill Lynch em relatório. 

No mesmo período, os valores das obrigações de empresas de energia dos EUA caíram US$ 170 bilhões, também por causa do declínio do petróleo. 

A inadimplência está subindo para os produtores de petróleo e gás de todos os tamanhos em meio aos preços baixos e o total da dívida total no setor de energia já chegou a US$ 18 bilhões, o que sugere o ciclo de crédito irá marcar um piso para os preços do petróleo, disse o banco.

"No momento, os 25 maiores produtores de petróleo dos EUA, que compreendem em 4,1 milhões de barris por dia, enfrentam um risco implícito de default de 27%", acrescentou o banco. 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EconomiaX