1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Shell quer levantar US$ 750 mi com IPO nos EUA

Agência Estado

18 Junho 2014 | 16h 48

A britânica Royal Dutch Shell informou que está planejando separar vários oleodutos nos EUA em uma parceria pública, em um movimento raro de uma das principais companhias de petróleo do mundo para vender ativos diretamente a investidores. Em um documento enviado à Securities and Exchange Commission (SEC, a CVM dos EUA), a Shell afirmou que planeja vender ações da Shell Midstream Partners na Bolsa de Nova York.

Um porta-voz da empresa disse que a Shell vai manter uma participação controladora na nova companhia depois da oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de ações, que está prevista para o segundo semestre deste ano e na qual deverão ser vendidas no máximo US$ 750 milhões em ações.

Sob o comando do novo executivo-chefe, Ben van Beurden, que assumiu o cargo no começo deste ano, a Shell vem tentando cortar custos e otimizar suas operações, em parte vendendo ativos. A companhia afirmou que planeja se desfazer de cerca de US$ 15 bilhões em ativos até o fim do ano. Fonte: Dow Jones Newswires.