12:18


15 de Abril de 2010

 

Patrocinado por




Você está em Economia > Negócios
Início do conteúdo

Petrobrás prevê investimentos de R$ 94,6 bilhões em 2014

Número representa queda de 9% na comparação com valor do ano passado, quando os investimentos somaram R$ 104,4 bilhões

26 de fevereiro de 2014 | 11h 47
Sabrina Valle, André Magnabosco, Mariana Sallowicz e Vinícius Neder, da Agência Estado

RIO - A Petrobrás prevê investimentos de R$ 94,6 bilhões em 2014, sendo 64% no segmento de Exploração e Produção. O número representa queda de 9% na comparação com o ano passado, quando os investimentos somaram R$ 104,4 bilhões, sendo 57% na área de E&P.

A produção de derivados neste ano será de 2.148 mbpd, aumento de 1% na comparação com 2013 (2.124 mbpd). A produção de diesel deve crescer 7%, para 908 mbpd. A produção de gasolina deve chegar neste ano em 408 mbpd, ante os 491 mbpd de 2013 - queda de 17%.

A meta do Procop, programa de otimização de custos, neste ano é de chegar a R$ 7,3 bilhões, ante os R$ 6,6 bilhões realizado em 2013. A meta do ano passado era de R$ 3,9 bilhões.

Os dados foram apresentados pela presidente da Petrobrás, Graça Foster, em teleconferência com analistas para detalhar os resultados da companhia em 2013 e os planos até 2030. Um dia após a divulgação do balanço, as ações da empresa operam em queda desde a abertura do mercado. No ano, as ações preferenciais e ordinárias da Petrobrás acumulam recuo de cerca de 18%.

Dívida. A forte elevação do endividamento da Petrobrás em 2013 foi explicada principalmente pela valorização do dólar ante o real, do patamar de R$ 1,90 para o nível de R$ 2,40, destacou Graça Foster. Como 82% da dívida da Petrobrás é denominada em moeda estrangeira, sendo 76% em dólar, a variação cambial tem "impacto muito grande" nos indicadores da companhia, segundo Graça Foster.

A executiva lembrou que o endividamento líquido da companhia, em dólares, saltou de US$ 72,3 bilhões em 2012 para US$ 94,6 bilhões em 2013, uma variação de US$ 22,3 bilhões, ou 31%.

Ao ressaltar a cobrança, feita pelo Conselho de Administração e incluída no Plano de Negócios 2014-2018, de a Petrobrás retornar os indicadores de endividamento para os limites estabelecidos pela companhia em até 24 meses, a presidente da estatal afirmou que o importante é haver reversão na trajetória. "O importante é mostrarmos uma reversão da trajetória desses indicadores. E que, em 24 meses, tenhamos atingido esse limites", afirmou há pouco a executiva em teleconferência com analistas para detalhar os resultados da companhia em 2013 e os planos até 2030.

Segundo o Plano de Negócios, as metas a serem cumpridas em até 24 meses são ter alavancagem líquida menor que 35% na relação entre endividamento líquido e patrimônio líquido, e relação entre dívida líquida e Ebitda de 2,5 vezes. A Petrobrás encerrou o ano passado com essa relação em 3,5 vezes.





Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui


Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo