Ataque suicida deixa 22 feridos em estrada de Cabul

Terrorista usou carro-bomba na ação contra comboio das tropas internacionais; nenhum soldado foi ferido

Efe

04 Dezembro 2007 | 04h49

Pelo menos 22 civis ficaram feridos em Cabul nesta terça-feira, 4, após um atentado suicida. O ataque foi causado por um terrorista com um carro-bomba na estrada que conduz ao aeroporto da capital afegã, informou à Efe uma fonte oficial.    Segundo o chefe da polícia, Ali Shah Paktiawal, a explosão danificou vários veículos civis. O alvo era um comboio das tropas internacionais, mas nenhum soldado ficou ferido, disse a Isaf em comunicado. Cinco dos feridos se encontram em estado grave.   O ano de 2007 foi o mais sangrento desde a queda do regime taleban, em 2001. Foram registrados mais de 5 mil mortos em atentados, bombardeios e combates, sobretudo no sul e leste do país.   Na segunda-feira, 3, morreram dois civis e dois policiais em outro ataque suicida contra uma patrulha policial, na província de Nimroz.

Mais conteúdo sobre:
terrorismo Cabul carro-bomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.