1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Conselheiro avalia questionar Petrobras na CVM sobre acordo para excedente do pré-sal

REUTERS

26 Junho 2014 | 18h 27

Um membro do Conselho de Administração da Petrobras disse que considera questionar a companhia na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por não ter sido informado sobre o acordo para produção de petróleo excedente em quatro áreas do pré-sal de 15 bilhões de reais.

Silvio Sinedino, que representa os funcionários na empresa, disse que o fato de a Petrobras não ter informado o Conselho nem discutido o plano do governo para vender à Petrobras o direito de explorar o petróleo viola as regras e os direitos dos acionistas minoritários da companhia.

Mauro Cunha, membro do Conselho que representa os minoritários, disse por meio de assessoria de imprensa que apenas soube do plano aprovado pelo governo na terça-feira por meio de comunicado ao mercado feito no mesmo dia.

(Reportagem Jeb Blount)