Embraer diz que não aceitou nem recebeu proposta da Boeing

Embraer diz que não aceitou nem recebeu proposta da Boeing

Companhia emite comunicado em resposta a questionamento da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre possível parceria

Fátima Laranjeira e Karin Sato, O Estado de S.Paulo

02 Fevereiro 2018 | 17h58

Em comunicado divulgado na tarde desta sexta-feira, 2, a Embraer afirma que não aceitou e tampouco recebeu proposta da Boeing por uma parceria de negócios, que, na prática, criaria uma terceira empresa unindo as operações de aviação comercial entre as duas companhias.

+ + Boeing propõe criação de empresa para unir operação comercial com Embraer

O comunicado é uma resposta oficial a questionamento da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre as notícias desta sexta-feira que dão conta de uma espécie de joint venture entre Boeing e Embraer. 

Segundo a Embraer, a companhia não aceitou e tampouco recebeu proposta da Boeing, "uma vez que as partes envolvidas ainda estão analisando possibilidades de viabilização de uma combinação de seus negócios, que poderão incluir a criação de outras sociedades".

"A Embraer reitera que não há garantia de que a referida combinação de negócios venha a se concretizar. Quando e se definida a estrutura para combinação de negócios, sua eventual implementação estará sujeita à aprovação não somente do governo brasileiro, mas também dos órgãos reguladores nacionais e internacionais e dos órgãos societários das duas companhias", diz.

Segundo noticiou o Broadcast, a intenção da Boeing foi apresentada a autoridades federais, mas ainda não houve decisão sobre a proposta, conforme duas fontes que acompanham o tema. O novo modelo foi antecipado mais cedo pelo jornal "O Globo".

As ações da empresa brasileira dispararam na B3 e chegaram a subir mais de 8% pela manhã e há pouco lideravam as altas do Ibovespa com +4,66%.

Mais conteúdo sobre:
Embraer Boeing

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.