1. Usuário
Assine o Estadão
assine

França lança plano de financiamento para transição energética

REUTERS

23 Junho 2014 | 10h 26

A França anunciou nesta segunda-feira um pacote de incentivos fiscais e empréstimos de baixo custo para melhorar o isolamento térmico em edifícios e aumentar o investimento em energia renovável, que deve fornecer 40 por cento da eletricidade do país até 2030.

O Estado vai dar ajuda financeira para cidadãos e empresas e apoiar projetos das autoridades locais com 5 bilhões de euros de crédito, disseram a ministra de Energia e Meio Ambiente, Ségolène Royal, e o ministro das Finanças, Michel Sapin, em entrevista coletiva.

A energia renovável é atualmente responsável por 14 por cento da eletricidade da França.

Proprietários de imóveis serão autorizados a deduzir 30 por cento do custo do isolamento térmico de seus rendimentos tributáveis, limitado a um teto de 16.000 euros por casal. O governo também vai simplificar o acesso a empréstimos para obras de renovação, no momento utilizados apenas por cerca de 33 mil projetos por ano, disseram os ministérios.

O banco público de investimentos BPI France vai criar um fundo de garantia distribuído por bancos comerciais para pequenas e médias empresas especializadas em isolamento térmico e construção de instalações de energia renovável.

"A transição energética é um investimento a longo prazo, mas é um investimento rentável e, portanto, vai encontrar financiamento", disse Sapin.

Para apoiar os investimentos das autoridades locais, a instituição financeira estatal Caisse des Depots (CDC) fornecerá 5 bilhões de euros em empréstimos com baixas taxas de juros.

(Por Geert De Clercq)