Estadão
Estadão

Lucro do Carrefour cai 3,4% no 2º trimestre, para R$ 299 milhões

A receita líquida total teve uma expansão de 7,9% no segundo trimestre de 2017 ante igual intervalo de 2016, para R$ 12,299 bilhões

O Estado de S.Paulo

11 Agosto 2017 | 09h03

SÃO PAULO - O Carrefour reportou lucro líquido de R$ 299 milhões no segundo trimestre de 2017, uma queda de 3,4% na comparação com o mesmo período do ano passado. No acumulado de janeiro a junho deste ano, o lucro cresceu 1,6%, para R$ 498 milhões.

De abril a junho, o Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 827 milhões, um montante 3,5% na comparação com 2016. A margem Ebitda do trimestre foi de 7,4% para 7,1%. Nos seis primeiros meses do ano, o Ebitda ajustado atingiu R$ 1,552 bilhão, o que representou um incremento de 5% na comparação anual. A margem Ebitda foi de 7% para 6,8%.

+ Lucro da Petrobrás cai 14,6% no 2º trimestre

A receita líquida total teve uma expansão de 7,9% no segundo trimestre de 2017 ante igual intervalo de 2016, para R$ 12,299 bilhões. No primeiro semestre, a receita líquida somou R$ 24,177 bilhões, uma alta de 7,6% contra 2016.

O resultado financeiro líquido ficou negativo em R$ 216 milhões ao final do segundo trimestre de 2017, 21% acima do valor também negativo de R$ 179 milhões do ano passado.

+ Natura emitirá R$ 2,6 bi de debêntures para aquisição do The Body Shop

As vendas no conceito mesmas lojas subiram 5,4% no consolidado do grupo, sem incluir postos de combustível, ante alta de 11,4% no segundo trimestre de 2016. A unidade de atacado da companhia, Atacadão, a principal da empresa no país, teve alta de 4,9% nas vendas mesmas lojas nos três meses encerrados em junho após avanço de 17,1% um ano antes.

A empresa afirmou no balanço que as vendas dos próximos meses "continuarão refletindo a expressiva redução na inflação de alimentos".

Mais conteúdo sobre:
Carrefour Petrobrás Inflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.