Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Economia & Negócios

Economia » Montadoras param produção por até um mês

Negócios

Marcos de Paula/Estadão

Montadoras param produção por até um mês

GM alega queda nas vendas; Volkswagen e Fiat vão aproveitar o feriado de carnaval

0

Cleide Silva ,
O Estado de S.Paulo

08 Fevereiro 2017 | 05h00

Um dia após as montadoras divulgarem alta de 17% na fabricação de veículos em janeiro ante igual mês do ano passado – justificada como aposta de melhora no mercado ao longo do primeiro trimestre –, empresas começaram a informar aos trabalhadores que vão suspender a produção nos próximos dias, aproveitando o feriado do carnaval.

A General Motors fará a parada mais longa, de um mês, na fábrica de São Caetano do Sul, no ABC paulista. Os cerca de 5 mil funcionários do setor produtivo terão férias coletivas de 27 deste mês a 27 de março.

Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano, Francisco Nunes, a GM alegou queda nas vendas. No ano passado, as vendas da marca caíram 10,8% em relação a 2015, enquanto o mercado total teve recuo de 20%. Em janeiro, a marca teve resultados 2% melhores que o mesmo mês de 2016. O mercado total caiu 5,2%.

A GM também estendeu até 19 de abril o período de lay-off (suspensão de contratos) de 754 trabalhadores que deveriam retornar à fábrica hoje, após mais de dois anos de dispensa. “Nós vislumbramos um aquecimento de mercado e conseguimos negociar a prorrogação do lay-off, pois a intenção da empresa era demitir esse pessoal”, afirma Nunes. A montadora deve abrir um programa de demissão voluntária (PDV) nos próximos dias.

Na semana passada, a GM também anunciou férias coletivas para cerca de 2,2 mil trabalhadores da unidade de São José dos Campos (SP) de 13 de fevereiro a 2 de março. A GM não quis comentar o assunto. A fábrica do ABC produz os modelos Cobalt, Spin, Montana e uma versão do Onix. Em São José são feitos S10 e Trailblazer. Não há, por enquanto, informações de parada na filial de Gravataí (RS), onde são produzidos Prisma e a maioria das versões do Onix, o carro mais vendido no País atualmente.

A Volkswagen vai estender a parada do carnaval por 12 dias, entre 22 de fevereiro e 5 de março, na fábrica de São Bernardo do Campo. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, cerca de 7 mil trabalhadores, todos da produção, serão dispensados e as folgas serão contabilizadas no Programa de Seguro Emprego (PSE), que reduz jornada e salários. A Volkswagen não comentou o tema.

A Fiat também estuda parar a produção durante toda a semana do carnaval em Betim (MG), de acordo com fornecedores da montadora. A informação não foi confirmada pela empresa.

Resultado financeiro. A General Motors divulgou nesta terça-feira, 7, que seu lucro global no ano passado foi de US$ 9,43 bilhões, 2,7% inferior aos ganhos de 2015.

A região da América do Sul, onde o Brasil responde por 60% das vendas, registrou prejuízo de US$ 400 milhões, o que representa US$ 200 milhões a menos em perdas em relação ao balanço financeiro do ano anterior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.