1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Moody's reduz rating da Cemig Distribuição para grau especulativo

REUTERS

08 Julho 2014 | 14h 07

A agência de classificação de risco Moody's reduziu nesta terça-feira o rating da distribuidora de energia do grupo mineiro Cemig de "Baa3" para "Ba1" na escala global, retirando da companhia o grau de investimento.

A Moody's ainda definiu perspectiva negativa para os ratings da Cemig Distribuição, citando principalmente a deterioração das métricas de crédito da empresa, como resultado do impacto negativo do terceiro ciclo de revisão tarifária, em vigor desde abril do ano passado, e do reajuste de tarifas abaixo do esperado em abril deste ano.

A Aneel aprovou em abril aumento médio de 14,76 por cento nas tarifas da Cemig-D ante pedido da companhia de reajuste de 29,74 por cento.

Os ratings da Cemig e da Cemig Geração e Transmissão foram mantidos em Ba1 e Baa3, respectivamente, com perspectivas estáveis.

A agência afirmou que, segundo seus padrões, entre os 12 meses encerrados em dezembro de 2011 e os 12 meses encerrados em março de 2014, o fluxo de caixa da Cemig-D gerado por operações antes de capital de giro caiu quase 40 por cento, para 908,6 milhões de reais, enquanto a relação de dívida sobre Ebitda se deteriorou de 2,8 vezes para 6,1 vezes.

Às 14h01, as ações da Cemig exibiam ligeira alta de 0,12 por cento, a 16,95 reais, enquanto o Ibovespa tinha queda de 0,6 por cento.

(Por Alberto Alerigi Jr.; Edição de Raquel Stenzel)