1. Usuário
Assine o Estadão
assine


PAC 2 executa 85% do orçamento previsto até fim de abril

LEONARDO GOY - REUTERS

27 Junho 2014 | 15h 26

O governo federal divulgou nesta sexta-feira balanço de execução da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), somando 871,4 bilhões de reais até 30 de abril. O valor representa 84,6 por cento do previsto entre 2011 e 2014.

No último balanço divulgado, em fevereiro, a execução representava 76,1 por cento até dezembro do ano passado.

Somente na área de transportes, foram concluídos empreendimentos que totalizam 58,9 bilhões de reais. Em energia, esse valor chega a cerca de 233 bilhões de reais, segundo os dados apresentados pelo governo.

Durante o balanço, o ministro dos Transportes, César Borges, disse que, desde 2013, o governo federal fez seis concessões de rodovias federais à iniciativa privada, somando um total de 4,8 mil quilômetros que vão demandar investimentos de 32,6 bilhões de reais ao longo de 30 anos.

O ministro disse também que o governo quer a participação dos bancos privados no financiamento das futuras concessões de ferrovias.

“O Tribunal de Contas da União já aprovou o modelo, tivemos a divulgação das condições financeiras dos bancos públicos e queremos também a participação dos bancos privados”, disse o ministro, durante o balanço.

Borges assume nesta tarde o comando da Secretaria dos Portos. Para seu lugar no Ministério dos Transportes, a presidente Dilma Rousseff escolheu o atual presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Paulo Sérgio Passos.

No balanço do PAC 2 consta também que, considerando o valor das ações do programa como critério, 51 por cento dos projetos estavam concluídos em abril, 47 por cento estavam com ritmo adequado, 2 por cento mereciam atenção e nenhum foi classificado como preocupante.