1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Petrobras atinge novo recorde de processamento

ANTONIO PITA - Agencia Estado

04 Abril 2014 | 20h 17

A Petrobras informou nesta sexta-feira que atingiu, em março, novo recorde mensal de processamento nas refinarias do País. Em nota, a empresa informou ter processado 2,151 milhões de barris de petróleo por dia (bpd). O volume é 12 mil bpd superior ao recorde anterior, registrado em julho de 2013. "O resultado atingido reafirma a busca contínua da Petrobras pelo aumento da eficiência operacional das refinarias, reflexo da gestão integrada do sistema de abastecimento, contribuindo para a redução das importações de derivados", informa o comunicado.

A área de refino é um dos principais gargalos na operação da estatal, que busca ampliar a produção e o processamento para fazer frente às crescentes importações de derivados nos últimos anos. As importações, somadas à defasagem de preço dos combustíveis no País, acarretam um peso às finanças da empresa.

No aguardo de novas refinarias prometidas desde 2004, a Petrobras opera com cerca de 91% da sua capacidade. A unidade de Abreu e Lima (Rnest), que era prevista para operar ainda em 2014, foi adiada por duas vezes, e o novo prazo é em 2016. O mesmo aconteceu no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), que deveria ter sido entregue em 2011, mas só deve iniciar as atividades no próximo ano.

No final do último ano, a operação das refinarias chegou a 99% de sua capacidade, o que gerou diversas críticas de sindicatos e trabalhadores em função de falhas em processos e medidas de segurança. Na época, uma série de acidentes chegou a paralisar algumas unidades e a provocar mortes de funcionários. Na nota divulgada hoje, entretanto, a Petrobras informou que "a marca foi alcançada respeitando os princípios de Segurança, Meio Ambiente e Saúde que norteiam as ações da companhia".