1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Peugeot espera que 2.500 funcionários se aposentem em 2014-15

REUTERS

26 Junho 2014 | 12h 38

A PSA Peugeot Citroen disse nesta quinta-feira que até 2.500 trabalhadores franceses mais velhos vão deixar a folha de pagamento da montadora em 2014-15, enquanto corta postos de trabalho sob um acordo firmado com os sindicatos no ano passado.

Com sede em Paris, a Peugeot, que emprega cerca de 70 mil pessoas na França, se comprometeu a reduzir os custos da folha de pagamento para 12,5 por cento da receita do grupo em 2016, ante 15,1 por cento no ano passado, sob o plano de recuperação "Back in the Race", apresentado em fevereiro.

A saída dos trabalhadores seniores equivale a uma aposentadoria antecipada - financiada por encargos de reestruturação, em vez da folha de pagamento, até que os funcionários atinjam a idade para entrar no sistema de pensão.

O número, superior aos 2.000 anteriormente previsto pelos sindicatos, reflete uma adesão maior do que a esperada do sistema de aposentadoria voluntária, disse o chefe de recursos humanos Philippe Dorge a repórteres.

O programa, com sucesso, "concilia economia e a recuperação de PSA com os interesses de nossos funcionários", disse Dorge.

(Reportagem de Gilles Guillaume)