Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Economia & Negócios

Economia » PPSA renegocia com Petrobras limites do pré-sal

Negócios

Economia

Petrobras

PPSA renegocia com Petrobras limites do pré-sal

O presidente da Pré-Sal Petróleo (PPSA), Oswaldo Pedrosa, disse nesta quarta-feira, 9, que estão hoje em discussão de sete a dez potenciais acordos de unificação (unitização) da produção no pré-sal. A maioria inclui a Petrobras como operadora, afirmou.

0

SABRINA VALLE,
Agencia Estado

09 Abril 2014 | 15h18

O acordo de unificação é necessário quando um reservatório extrapola os limites do bloco concedido a uma empresa. O acordo é feito entre dois operadores ou entre uma empresa operadora e o governo. A PPSA entra quando a discussão inclui uma área do polígono do pré-sal.

Um caso de unitização que está em discussão publicamente é o da acumulação Gato do Mato, operado pela Shell no bloco BM-S-54. Os outros não são revelados, mas Pedrosa disse que envolvem a Petrobras, com quem tem se reunido para discutir o assunto. Há hoje dois regimes no País, de concessão e de partilha.

A primeira área licitada pela partilha foi Libra, no ano passado. Todas as outras áreas do pré-sal em atividade foram licitadas anteriormente pelo regime de concessão. Haverá casos em que um mesmo reservatório possa obedecer aos dois, mudando de regime no limite do bloco concedido.

Mais conteúdo sobre: