Assine o Estadão
assine

Economia

Varejo

Prejuízo da B2W em 2015 aumenta 68% e soma R$ 274 milhões

No 4º trimestre, grupo fruto da fusão da Americanas.com, Submarino e Shoptime reverteu o lucro e também teve prejuízo

0

Marcelle Gutierrez,
O Estado de S.Paulo

11 Março 2016 | 09h38

SÃO PAULO - A companhia de comércio eletrônico B2W - fruto da fusão do Submarino, Americanas.com e Shoptime - registrou prejuízo de R$ 274,6 milhões, um avanço de 68,2% ante o resultado também negativo de R$ 163,3 milhões de 2014.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado totalizou R$ 610,2 milhões em todo o ano passado, uma alta de 9,7% contra o ano anterior. A receita líquida de vendas e serviços subiu 13,2% em 2015 ante 2014, para R$ 9,013 bilhões. 

No quarto trimestre, a empresa teve prejuízo de R$ 17,2 milhões, revertendo assim o lucro líquido de R$ 20,9 milhões reportado em igual período de 2014. O Ebitda ajustado somou R$ 212,5 milhões de outubro a dezembro do ano passado, uma alta de 10,2% na comparação com o ano anterior. Já a receita líquida de vendas e serviços subiu 5,9% no quarto trimestre de 2015 ante 2014, para R$ 2,907 bilhões.

Lojas Americanas. A Lojas Americanas registrou lucro líquido de R$ 250,2 milhões em 2015, uma queda de 41,5% ante o resultado de 2014. O Ebitda ajustado totalizou R$ 2,5 bilhões em todo o ano passado, uma alta de 15,4%. A receita líquida de vendas e serviços subiu 11,0% em 2015 ante 2014, para R$ 17,926 bilhões. 

Mais conteúdo sobre:

Comentários