1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Produtoras de aço dos EUA vencem caso anti-dumping sobre importações baratas

REUTERS

22 Agosto 2014 | 15h 16

Índia, Coreia do Sul, Taiuan, Turquia, Ucrânia e Vietnã terão seu aço sujeito a taxas; as Filipinas e a Tailândia ficarão isentas

Jose Patricio/Estadão
Produtores americanos reclamavam que importações baratas estavam corroendo seus preços

A Comissão Internacional do Comércio dos Estados Unidos votou nesta sexta-feira pela imposição de taxas anti-dumping contra importações de tubos de aço de seis países e isentou dois, o que deu vitória a produtores domésticos que reclamaram que importações baratas estavam corroendo seus preços.

Índia, Coreia do Sul, Taiuan, Turquia, Ucrânia e Vietnã terão seu aço sujeito a taxas. As Filipinas e a Tailândia ficarão isentas. A Arábia Saudita foi retirada da queixa anterior.

A decisão dá aval à imposição de taxas pelo Departamento de Comércio dos EUA que podem chegar a 118 por cento sobre os bens tubulares e deve fortalecer os negócios domésticos.

As siderúrgicas norte-americanas apresentaram uma queixa em 2013 após a importação dos tubos usados na indústria de petróleo e gás aumentar, conforme fabricantes estrangeiras buscaram beneficiar-se da explosão do gás de xisto no país.

As companhias que apresentaram a queixa incluem a United States Steel Corp, a Maverick Tube Corporation, subsidiária da especialista em tubos Tenaris; a Boomerang Tube; a Energex Tube, uma divisão da JMC Steel Group, a Northwest Pipe Co, a Tejas Tubular Products, a russa TMK IPSCO e a francesa Vallourec Star.

(Por Elvina Nawaguna)