1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Rede de lojas Zara recolhe camiseta que lembra uniforme de campo de concentração

REUTERS

27 Agosto 2014 | 11h 54

A camiseta, que tinha listras azuis e brancas horizontais, estava à venda na Internet em três países europeus, mas não em Israel

A rede mundial de roupas e acessórios femininos Zara, de propriedade da espanhola Inditex, suspendeu nesta quarta-feira a venda de um top infantil listrado decorado com uma grande estrela de seis pontas depois que a peça foi comparada aos uniformes usados por judeus em campos de concentração da Alemanha nazista.

A camiseta, que tinha listras azuis e brancas horizontais, estava à venda na Internet em três países europeus, mas não em Israel, informou uma porta-voz da Inditex. A semelhança não foi intencional e o modelo foi inspirado em astros de filmes clássicos de faroeste, afirmou ela.

Poucas horas depois de a peça ser colocada à venda, alguns jornais notaram a semelhança e mensagens criticando o modelo foram publicadas no Twitter.

“A camiseta tem uma grande estrela de seis pontas no lado superior esquerdo, lugar exato em que os nazistas forçavam os judeus a usar a Estrela de Davi”, escreveu o jornal israelense Haaretz, dizendo que a peça é “uma reminiscência assombrosa de uma era mais sombria”.

Em seu site, o Haaretz mostrou uma foto de parte de um uniforme usado pelos prisioneiros de Auschwitz em que se vê um agasalho com listras verdes e brancas e uma estrela amarela abaixo do ombro esquerdo com a palavra “Jude”, judeu em alemão.