1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Refinaria japonesa da Petrobras paralisa operações por chegada de tufão

REUTERS

07 Julho 2014 | 22h 15

A Nansei Sekiyu KK, uma refinaria japonesa de propriedade integral da Petrobras, anunciou que suspendeu suas operações na unidade Nishihara, que tem capacidade para 100 mil barris de petróleo por dia em Okinawa, no sul do Japão, devido à aproximação de um poderoso tufão.

Todas as operações nos atracadouros 1, 2 e 3 da companhia também foram suspensas a partir desta segunda-feira, enquanto que as atividades no terminal de caminhões foram interrompidas, disse um porta-voz da empresa.

A refinaria de petróleo retomará as suas operações após inspeções de segurança nas instalações a partir da quarta-feira, depois da passagem do tufão, acrescentou o porta-voz.

As autoridades japonesas emitiram nesta segunda-feira advertências para que os moradores das ilhas no extremo sul tomem precauções devido à chegada do supertufão, descrito como uma tempestade que ocorre "uma vez a cada década".

A previsão é de que a tempestade atinja as ilhas de Okinawa, provocando chuvas torrenciais e poderosos vendavais.

(Reportagem de Osamu Tsukimori)