Assine o Estadão
assine

Economia

balanço

Rio Tinto tem prejuízo líquido de US$ 866 milhões em 2015 e corta investimentos

Pesaram no resultado baixas contábeis de US$ 1,8 bilhão referentes a um projeto de minério de ferro na África e a ativos de urânio, além de US$ 3,3 bilhões em perdas cambiais e com derivativos

0

O Estado de S.Paulo

11 Fevereiro 2016 | 12h40

SYDNEY - A Rio Tinto divulgou um prejuízo líquido de US$ 866 milhões em 2015, revertendo o lucro de US$ 6,53 bilhões obtido no ano anterior. Pesaram no resultado baixas contábeis de US$ 1,8 bilhão referentes a um projeto de minério de ferro na África e a ativos de urânio, além de US$ 3,3 bilhões em perdas cambiais e com derivativos.

Excluindo-se despesas extraordinárias, a mineradora anglo-australiana apresentou lucro subjacente de US$ 4,54 bilhões no ano passado, 51% menor que o de 2014. O número ficou um pouco abaixo da mediana de US$ 4,66 bilhões prevista por sete analistas consultados pelo Wall Street Journal.

Diante de seu fraco desempenho e da tendência de queda nos preços das commodities, a Rio Tinto anunciou que revisou seus planos de investimentos de capital para este ano, de cerca de US$ 5 bilhões para US$ 4 bilhões, e também para 2017, de US$ 7 bilhões para algo em torno de US$ 5 bilhões. Em 2018, a mineradora prevê investir cerca de US$ 5,5 bilhões.

A Rio Tinto também informou que irá distribuir dividendo anual de US$ 2,15 por ação, em linha com o pagamento de 2014. De agora em diante, porém, a empresa passará a levar em consideração seus lucros, a perspectiva das principais commodities e a saúde de seu balanço financeiro antes de definir dividendos futuros.

Um pouco antes da publicação do resultado anual, as ações da Rio Tinto encerraram o pregão desta quinta-feira na bolsa australiana, em Sydney, com queda de 1,3%. 

Mais conteúdo sobre:

Comentários