Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Economia & Negócios

Economia » Salsicha da Volks vende mais que carro

Negócios

Divulgacao

Salsicha da Volks vende mais que carro

Em 2015, a venda de automóveis caiu 5% em relação ao ano anterior, chegando a 5,8 milhões de unidades. A procura pelo embutido, no entanto, subiu 14%

0

O Estado de S. Paulo

24 Fevereiro 2016 | 08h15

Em um ano complicado como o de 2015, foram as salsichas que deram alegria à Volkswagen. A montadora, além de veículos, também fabrica uma iguaria tradicional na Alemanha, chamada currywurst. 

Em 2015, a venda de automóveis da Volks caiu 5% em relação ao ano anterior para 5,8 milhões de unidades. A queda foi motivada principalmente pelo envolvimento da empresa em um escândalo de falsificação de resultados de emissões de poluentes que acabou levando à renúncia de seu presidente. Nesse período de crise, a venda de salsichas da Volks cresceu 14%, para 7,2 milhões. A informação é da agência de notícias alemã DPA. Elas são marcadas com a expressão “Volkswagen Originalteil” ou “Peça Genuína Volkswagen”.

A produção começou sendo destinada apenas aos restaurantes da montadora, mas hoje o produto pode ser encontrado também nas lanchonetes do estádio do Wolfsburg (o time de futebol da Volkswagen) e em supermercados. A iguaria é vendida em pelo menos 11 países. 

A história de como a Volkswagen construiu um dos mais estranhos negócios paralelos do setor automobilístico é um episódio inusitado da história industrial. Ela remonta às origens da fábrica de Wolfsburg. Para os milhares de trabalhadores que construíram o primeiro “carro do povo”, a fábrica tinha de fornecer moradia e alimentação. Nos anos 50, o açougue já produzia carnes que eram típicas da Alemanha, como o bockwurst. A currywurst veio logo depois da guerra e no fim dos anos 60 havia se tornado o prato favorito de legiões de trabalhadores. / AGÊNCIAS INTERNACIONAIS 

Mais conteúdo sobre:

Comentários