Epitácio Pessoa/Estadão
Epitácio Pessoa/Estadão

Santander se antecipa à decisão do Copom e reduz juros do crédito à pessoa física

A taxa mínima do crédito pessoal cairá de 1,69% para 1,59% ao mês; no cheque especial, a taxa mínima passará de 2,29% para 2,25% ao mês

Wagner Gomes, O Estado de S.Paulo

05 Dezembro 2017 | 17h44

O Santander vai reduzir as taxas de juros das suas principais linhas de crédito do varejo a partir da próxima segunda-feira, 11. O banco informou que a decisão está em linha com a expectativa do anúncio de redução da taxa básica de juros (Selic) pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, na reunião desta semana.

A taxa mínima do crédito pessoal cairá de 1,69% para 1,59% ao mês. Já a taxa mínima dos juros para financiamento de veículos será reduzida de 1,12% para 1,08% ao mês. 

++Mercado projeta Selic em 6,75% em fevereiro de 2018, aponta Focus

No cheque especial, a taxa mínima passará de 2,29% ao mês para 2,25% ao mês. As condições valem para todos os canais de relacionamento do banco: Internet Banking, APP Santander, caixas eletrônicos e agências.

A assessoria do banco informou que nenhuma linha de crédito sofreu aumento no último mês e, além das reduções anunciadas nesta terça-feira, 5, nenhum outro ajuste deve ocorrer após a reunião do Copom.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.