1. Usuário
Assine o Estadão
assine


S&P 500 e Nasdaq fecham em queda com baixa das ações da Apple

REUTERS

03 Setembro 2014 | 18h 47

O Dow Jones subiu 0,06%, a 17.078 pontos

Giuseppe Cacace/AFP
Mais cedo, as ações subiram após autoridades ucranianas e russas dizerem que estavam perto de um acordo para interromper os confrontos no leste da Ucrânia

A maior parte das ações norte-americanas fechou em queda nesta quarta-feira, enquanto o declínio das ações da Apple derrubou a Nasdaq e investidores seguraram as apostas antes da próxima reunião do Banco Central Europeu (BCE).

O Dow Jones subiu 0,06 por cento, a 17.078 pontos. O S&P 500 fechou em queda de 0,08 por cento, para 2.000 pontos. O Nasdaq perdeu 0,56 por cento, a 4.572 pontos.

As ações da Apple caíram 4,2 por cento, na maior queda percentual desde 28 de janeiro. Ao menos uma corretora cogitou reduzir o preço-alvo da ação, enquanto a Apple enfrentava uma possível falha de segurança de seu serviço iCloud uma semana antes de lançar seu novo iPhone.

Paralelamente, a rival Samsung lançou um fone de ouvido para o novo Galaxy Note 4 usando tecnologia da Oculus VR, empresa que o Facebook comprou por 2 bilhões de dólares.

A queda da Apple pesou sobre o setor de tecnologia, que perdeu 0,7 por cento e teve o pior desempenho dos 10 principais setores do S&P. A baixa também pesou sobre o índice, que atingiu recorde intradia mais cedo mas fechou quase estável.

O Banco Central Europeu irá realizar sua reunião mensal na quinta-feira, na qual investidores irão buscar pistas para saber se o BCE irá lançar um programa de compra de títulos.

Mais cedo, as ações subiram após autoridades ucranianas e russas dizerem que estavam perto de um acordo para interromper os confrontos no leste da Ucrânia, mas surgiram dúvidas após a Rússia anunciar planos de realizar exercícios militares.

(Por Akane Otani)