1. Usuário
Assine o Estadão
assine


ThyssenKrupp quer dobrar lucro operacional, diz jornal

REUTERS

18 Agosto 2014 | 15h 42

A alemã ThyssenKrupp pretende dobrar seu lucro operacional nos próximos anos em relação à sua meta de cerca de 1,2 bilhão de euros (1,6 bilhão de dólares) para o atual ano fiscal, que vai até o fim de setembro, disse o jornal de negócios Handelsblatt nesta segunda-feira, citando fontes próximas da companhia.

A meta para o ano atual já representa o dobro dos 586 milhões de euros de lucro ajustado antes de juros e impostos (Ebit, na sigla em inglês) que a ThyssenKrupp divulgou para 2012/2013.

O grupo alemão vê a necessidade de uma nova melhora no lucro operacional para que tenha a força financeira para voltar a pagar dividendos e fazer aquisições, disse o Handelsblatt.

O presidente-executivo, Heinrich Hiesinger, pediu que diretores aumentem os esforços para melhorar o negócio, e o conselho espera atingir mais economia de custos ao reforçar a ligação entre diferentes áreas de negócios, acrescentou o jornal.

A ThyssenKrupp se recusou a comentar.

Hiesinger tem tentado promover uma reviravolta na ThyssenKrupp após uma desaceleração do setor siderúrgico global e uma incursão falha nas Américas causarem perdas e evitarem que o grupo pagasse dividendos a acionistas por dois anos consecutivos.

(Por Jonathan Gould)